Recomende um amigo e ambos recebem 10% de desconto na primeira encomenda!

Leite Dourado - Curativo

Na medicina Ayurvédica já o conhecem há milhares de anos, no resto do mundo, os cientistas começaram há algumas décadas a estudar as propriedades curativas da curcuma  (curcuma longa) e esta planta tem espantado a comunidade cientifica com as suas imensas facetas. É uma planta verdadeiramente surpreendente e uma das minhas especiarias favoritas. Hoje em dia, utilizo-a em quase tudo. Desde tempero a marinadas a dressings para saladas, em smoothies, sumos e em leite.

Não vivo sem ela na minha cozinha e na minha farmácia.

Também conhecida por açafrão-da-terra, açafrão-das-Índias ou turmeric, em inglês, a parte mais utilizada desta planta é a sua raiz. Em aspecto, é muito semelhante ao gengibre mas bastante mais pequena e de cor alaranjada. Em Lisboa, consigo comprar a raiz fresca no mini-mercado indiano do Martim Moniz e em pó, existe em qualquer super-mercado. Se vão utilizar a curcuma pelas suas propriedades medicinais, recomendo que comprem biológica para potencializar estas propriedades curativas ao máximo.


Raiz de curcuma.
Fonte – wikicommons

 

Na India, os médicos Ayurvédicos utilizam a curcuma para tratar uma série de doenças e cada vez o ocidente está a seguir os passos destas tradições milenares. São comuns os estudos em laboratório que avaliam até onde pode ser o poder anti-inflamatória, anti-microbiana e anti-oxidante da curcuma. Os médicos têm visto muito bons resultados com a curcuma especialmente em problemas respiratórios e pulmonares, problemas circulatórios e de origem inflamatória. É muito recomendada para a saúde dos ossos e articulações e para problemas auto-imunes, hormonais e cerebrais.  Como se vê, é mesma uma grande curandeira esta bela curcuma. Sem falar, que não há caril indiano sem ela e nem eu quero que haja.

 

Na indonésia, serve-se há muitos anos sumo de curcuma e o seu chá em forma de jamu juice. Na Ayurveda, a bebida que faz milagres é o chamado Golden Milk ( leite dourado) . Foi com ele que me apaixonei pela curcuma e foi também esta bebida que me ajudou imenso numa bronquite asmática super chata e teimosa que me durou três meses, há quase quatro anos.

Por essa altura, duas rondas antibióticos depois e muitas consultas médicas, virei-me para a medicina alternativa e não posso dizer o suficiente sobre o quanto a curcuma me ajudou. Também devo agradecer ao tomilho e ao gengibre pela ajuda a sarar os meus pulmõezitos.

 

Uma das coisas belas na curcuma é que o seu componente medicinal activo, a curcumina, precisa de ajuda para ser activada e também não é muito bioactiva, ou seja, o nosso corpo não a absorve com muita facilidade. Para a ajudar-mos a fazer a sua magia temos que a aquecer com uma gordura, pois a curcumina é não é hidrosolúvel, pelo contrário, é liposolúvel – ou seja, precisa de uma gordura que a carregue ao nosso sangue e aí fique a salvar-nos de todos os males.

A curcuma também precisa de ser casada com pimenta preta. Ama-se e a piperina, o componente activo da pimenta, torna a curcumina até 2000%. É impressionante, eu sei. Nada como um bom caril carregado de pimenta preta, óleo de coco e açafrão-das-Índias para expurgar tudo o que não serve. Mas como não podemos comer caril todos os dias ( sei….) deixo-vos uma receita de uma bebida que adoro. Nunca pensei vir a gostar tanto deste sabor a terra numa bebida e de esperar ansiosamente pela hora em que está designada na minha cabeça que é hora de leite dourado.

O leite dourado, ou golden milk, é feito tradicionalmente com leite cru, não pasteurizado mas em Portugal não é fácil de encontrar este leite. Eu faço com leite de amêndoas ou de cânhamo ou de avelã.

 

leite dourado curcuma

Receita ± Golden Milk – Leite Dourado 

Para fazermos o leite dourado, precisamos de 3 coisas coisas:

1- pasta de curcuma ( mostro abaixo como se faz)

2 –  leite à escolha ( aconselho vegetal)

3- óleo de coco ou de amêndoas, do bom, prensado a frio, biológico.

* Pasta de curcuma

1 cup de curcuma em pó

1/2 cup de água

1/2 cc de pimenta preta moída na hora

Método: aquecer em lume brando a água com a curcuma com a pimenta preta. A mistura vai engrossar muito depressa, por isso, deve mexer-se sempre para não queimar. Deixar a mistura “cozer” em lume super brando por, pelo menos, 8 minutos. Deixar arrefecer e reservar no frigorifico.

* Leite dourado ( golden milk)

Aquecer ligeiramente 1cs de pasta de curcuma ( ou mais, se gostarem de um sabor mais intenso, usem e abusem, até conseguirem aguentar a força da especiaria) num copo de leite vegetal em lume brando.

Quando aquecido, deitar num copo com 1 cs de óleo de coco. Deixar arrefecer até estar a uma temperatura boa para beber e por último adoçar com mel ou xarope de ácer.

Como complemento de sabor, pode adicionar-se cardamomo e canela ( colocar estas especiarias com o leite ao lume).

Esta bebida ajuda a ter um sono tranquilo por isso a melhor altura para a beber é antes de deitar.