Lasagna Vegan Crua : clássicos re-inventados

Em Setembro o Comer Amor, na sua faceta de serviços de catering vegetariano, teve um desafio super… hum… desafiante? Eu sei mais adjectivos, juro! Mas este ficava aqui tão bem que não consegui. Fomos a Sintra fazer um casamento 100% vegano. É verdade, um casamento vegan, sobremesas e bolo de casamento e tudo.

Ok, não fomos nós que fizemos o bolo mas fomos nós que encontrámos a pasteleira que o fez! E estava tão bom, cheio de chocolates e frutos vermelhos.

Foi das coisas mais divertidos de 2015, desde a elaboração do menu, à colaboração com o meu chef favorito e grande amigo Francisco Basílio, que me ajudou nos tastings e a arranjar basicamente soluções para todas as coisas de que os noivos não gostavam nos tastings.

Fazer um menu de casamento vegano é uma aventura daquelas porque não podemos utilizar uma data de coisas. Mas, em contrapartida, podemos utilizar outras e é um exercício de criatividade e de grande amor. Amor pelo que fazemos, pelas pessoas que vamos servir, pela nossa arte e pelo Planeta.

Uma das receitas de que os noivos gostaram logo no primeiro tasting ( no total fizemos 3 até eles estarem contentinhos) foi a lasagna crua vegana. Este prato é um clássico da culinária vegan e pode ser feito de várias maneiras, tendo como base a courgette crua.

Neste versão da clássica lasagna italiana, utilizamos apenas ingredientes crus, não há cozeduras nem assaduras nem escaldadelas. Vai mesmo tudo cru. Sim, vou dizer outra vez: está tudo cru! É um prato crudívoro. Já falámos aqui uma vez no crudívorismo (segue o link, isso…) e é uma dieta que tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos. Pela sua simplicidade que não deixa de surpreender com o sabor que consegue impor nos pratos que, sendo simples, se tornam complexos por serem inesperados nas texturas e variedade de sabores e emoções impressas.

Esta lasagna crua parece super aborrecida, com os seus tão-poucos ingredientes mas é muito o oposto. É uma rainha, esta lasagna crua. Ninguém fica indiferente às suas surpresas, à sua leveza e sabor intensos.  Cajus, tomate seco ao sol, citrinos e manjericão, unem-se para nos alimentar com um prato muito saudável e simples de fazer. A partir desta receita base podes extrapolar novos pestos, novos molhos brancos, novas aventuras sensoriais. Para mim, esta lasagna crua vegan é um clássico da culinária vegana e é um prato perfeito em si só.

Para servir como entrada ou como prato principal, num ambiente familiar e descontraído ou para impressionar num casamento ou situação mais formal. Esta é a lasagna dos teus sonhos.

Lasagna Crua Vegana 

Ingredientes ( 4 pessoas)

2 courgettes grandes

200g de caju cru, sem sal

200g de tomate seco ao sol, ao natural

100g de manjericão fresco

sal marinho q.b.

pimenta preta q.b.

2 limas

azeite virgem extra q.b.

1 dente de alho

Como é que se faz a lasagna?

1- Com uma mandolina ou um descascador de batatas bem afiado, cortar a courgette longitudinalmente em tiras finas.

2- Precisas de 4 “placas” de courgette por prato, estas tiras de courgette vão ser as “placas de massa para lasagna” – vê a imagem para perceberes como vai ser a montagem.

3-Temperar a courgette com sal, pimenta e um pouquinho de sumo de lima. Reservar.

4- Fazer o molho branco : os cajus devem ser previamente demolhados, durante umas 4 horas para serem mais faceis de digerir, porque estão crus. Quando estiverem bons para ser consumidos, lavá-los bem e triturá-los numa liquidificadora ou robot de cozinha com o alho, sal, pimenta preta e sumo de meia lima. Adicionar àgua aos poucos, uma colher de sopa de cada vez, e ir triturando até obter um molho cremoso. Provar e ajustar os sabores. O molho deve ser saboroso a lima mas não em demasia.

5- Fazer o molho de tomate : o tomate seco deve ser demolhado em água com um pouco de azeite durante, pelo menos, uma hora. Quando o tomate estiver mole, descartar a àgua e colocar o tomate com o manjericão no robot de cozinha com sal e pimenta preta e azeite. Triturar até obter uma marinara cremosa. Pode ser necessário juntar àgua ao molho à medida que vamos triturando, para obter a textura cremosa desejada.

6- Agora que temos todos os componentes, basta montar a lasagna. Podemos montar num tabuleiro ou, como eu acho que fica mais giro, prato a prato.

7- Começamos por colocar uma placa de courgette, depois uma dose generosa de molho branco e uma dose generosa de molho de tomate. Cobrir com uma placa de lasagna e repetir. Terminar com uma placa de lasagna.

8- Guarnecer com uns rebentos ou um pesto de manjericão ou apenas azeite, sal e pimenta.

Divirtam-se a comer coisas boas.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*